Acho que nasci no século errado, deveria ter vivido no século passado. Prefiro um amor tranquilo, sereno, que não precise de extravagâncias para mostrar que é amor. Um amor discreto, com riso fácil e muito tempo de conversa jogada fora. Valorizo a companhia, gosto de quem caminha ao meu lado, que me dá apoio e que também precisa ser apoiado. Prefiro que o tempo passe devagar, não estou acostumada com a rapidez do que é amar.
Laiza Soares.

(Source: minha-desordem)

THEME